nosso Pai nosso

Por Oiák Karas

Pai nosso que estais no céu
revisto seja teu rosto
responde às cruzes feitas com a mão
assim na terra como
no mar
deitado em terra.

Libere o perdão às nossas cicatrizes
assim como nós esquecemos aquelas
que o senhor nos tem feito.

Aproxima-nos do rosto da mulher nua;
visto que o mal, hoje, deixou de ter cabelos longos.

Sobre o pão: dai-nos em abundância para não competirmos
com os commodities e a especulação.

Livrai-nos do mal.
Assim na terra e não de outra maneira.

 

Junho de 2012

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: