Discurso Sem Método – Edição nº 4 completa

RayBem

Por Luiz Nascimento     Anúncio do CAF em 1994 Republicado em junho/julho de 2013

um poema do tédio

Por Duanne Ribeiro   Junho/julho de 2013

Pra você, eu sou você

Por Inauê Taiguara Não gosto de ser breve tampouco gosto quando demoro minha conversa é leve mansa e fluída, e só é entendida por aqueles que me conhecem as vezes faltam palavras, é verdade, mas antes faltem elas que a sinceridade Se presto, não é pelas palavras mas pelos gestos. Reflexo. Junho/julho de 2013

Ideias soltas devem ser condenadas à fogueira

Por Rachel Faleiros   Doravante longínquas terras tenham me trazido até aqui, que saberá de justificativa alguma que não a posterior a qualquer entendimento? Pasmem, vãs filosofias, que isso saià contragosto da lógica. Deduzam, àqueles que puderem, o chamariz basilar de uma pretensa colocação que mal cede a injustaposição do não ser, quiçá, do não existir. Malogrados … Continue lendo

À última cachaça

Por Bruno Rosa 1. O filósofo fala: O que o bêbado sempre quer indo aos saltos de copo em copo é chegar ao cálice extremo onde a aufhebung se dissolve. Num absoluto que se dá como límpido copo d’água sem mostrar os senões do sotaque forte de cachaça. Este absoluto que aqui Tem-se forte, mas … Continue lendo

Mulher do morro

Por Rondino Reg# Vem mulher Que vou acarinhar seus pés Beijar e chupar seus dedos Massagear seu corpo teso Lamber e tocar Todas suas úmidas partes E me entregar Em suas mãos, boca, Língua, olhos, nariz e Tudo mais que você trouxer. Vem, desce a ladeira já Se esquentando Pra fervermos em plena manhã. Vem. (30/03/2011)

Arquiteta

Por Rondino Reg# desenha nossos sonhos rabisca nossos desejos mede nossas paixões passa a régua em nossos medos escala nossos corpos traça devaneios arquiteta amores arquiteta mulher arqui teta o teto sem fim de nossos exageros (8/3/2012)   Junho/julho de 2013

Quem sabe

Por Rondino Reg# Quem sabe, um dia o masculino mundo aprenderá com a feminina sensibilidade e seu cuidado com a vida e tudo que vive. Quem sabe, todo mês, toda hora faremos homenagens às mulheres. Mais que isso, nos libertaremos juntos. Quem sabe, a mulher também consiga superar os grilhões da cultura machista eu e mais … Continue lendo

Feminina carícia

Por Rondino Reg# Está chegando o dia, o momento, em que mulheres e homens viverão plenamente. Suas vidas, sonhos, Sentimentos e desejos. Em que nossas diferenças serão motivo de encontro de infinitas possibilidades de autoconhecimento e regozijo. Sem opressão, recalque, ou mandonismo. Está chegando. Sinto como se ouvisse o estrondo das ondas do mar que … Continue lendo