A nudez castigada do sujeito masculino: lancinho do tempo histórico

Por Caio Sarack A reflexão vem pulsante, assim como a força explosiva que nos espreita na vida. Alguns autores dirão que Turma do Pagode é exemplo de diluição (verve poundiana), mas cá venho mostrar “que Lancinho”, produção agora de 2012, recente, mas não menos colada à realidade, é uma denúncia – de inspiração foucaultiana – … Continue lendo

Paródia

Por Dimitrios Valentim Ao som e ao tom de ‘a flor e o espinho’, de Nelson Cavaquinho, vamos animar a greve cantando a nossa pauta: Tire esse estatuto do caminho Só se for diretas, só se for! Eu já aturei o João Grandino E eu não quero outro reitor É para ter gestão das três categorias … Continue lendo

Somos todos Pussy Riot!

Por André Paes Leme “No verão, confinamento intolerável, no inverno, frio insuportável. Todos os pisos estavam podres. A sujeira no chão tinha uma polegada de espessura; alguém poderia tropeçar e cair… Éramos empilhados como anéis de um barril… Nem sequer havia lugar para caminhar… Era impossível não se comportar como suínos, desde o amanhecer até … Continue lendo

Rasgando seda para Guinga

Por Lucas Braga Rasgando Seda é o novo disco de Guinga. Gravado com o Quinteto Villa-lobos, o registro celebra o cinqüentenário do maior conjunto de câmara brasileiro, executando um repertório exclusivo de nosso compositor vivo mais importante – e desconhecido ao grande público. Guinga permaneceu por muitos anos como uma face oculta da música brasileira, prestigiado na coxia, mas sempre longe … Continue lendo