Resenha: “A caça”

Por Gabriel Bichir This is the way the world ends This is the way the world ends This is the way the world ends  Not with a bang but a whimper.                                                                                                 (T.S Eliot)   Poucos filmes ilustram tão bem os dizeres de T.S Eliot como “A Caça”, do dinamarquês Thomas Vinterberg. Lucas (Mads Mikkelsen) … Continue lendo

A pele a se habitar

Por Bruno Bernardo Quando assisti ao filme A pele que habito, de Almodóvar, no cinema, não fiquei exatamente impressionado. Mais tarde, porém, comecei a pensar sobre ele. Facilmente nos identificamos com o garoto, Vicente. De certa forma, recusamos a proposta de justiça do personagem interpretado por Antonio Banderas, o cirurgião Robert Ledgard, que se dá … Continue lendo

Contemplando o fim: as profecias de John N. Gray

Por Igor de C. e Souza Câmara Straw Dogs (2002) The Silence of Animals (2013) A filosofia contemporânea escrita em língua inglesa não tem grande popularidade em solos brasileiros. Enquanto esse cenário permanecer assim, John N. Gray seguirá conhecido apenas por sua crítica virulenta ao filósofo popstar esloveno Slavoj Žižek, As Visões Violentas de Žižek, traduzido … Continue lendo

Ainda no caminho, ainda Maiakovski

Por Rafael Tubone Uma canção para o meu tempo – o nosso – há muito se escreveu. Encontrei-a nas surpresas preparadas pela sequência de causalidades da vida, escolhas conscientes que me proveram de armas, armas para um combate árduo. Em tempo: para nós, que não pactuamos com os senhores do mundo, o combate é imperioso! … Continue lendo

A nova resenha de “Se um viajante numa noite de inverno”, de Ítalo Calvino

Por André Scholz Reflexioné que todas las cosas le suceden a uno precisamente, precisamente ahora. Siglos de siglos y sólo en el presente  ocuren los hechos; innumerables hombres en al aire, en la tierra, y el mar y todo lo que realmente pasa me pasa a mi… – Jorge Luis Borges Você está começando a ler a nova resenha de … Continue lendo

Os livros felizes não têm História: Juliana Bernardo e sua Carta Branca

Por André Paes Leme “Um amigo andava desesperadamente atrás de um livro, mas não conseguia encontrar em lugar algum. Após meses de busca, passando pela Grand Central Station em Nova York, avista uma moça que lia exatamente o cobiçado livro. Aborda-a. Conta que andava atrás do livro e pergunta onde poderia encontrá-lo. Ela diz que … Continue lendo

Rasgando seda para Guinga

Por Lucas Braga Rasgando Seda é o novo disco de Guinga. Gravado com o Quinteto Villa-lobos, o registro celebra o cinqüentenário do maior conjunto de câmara brasileiro, executando um repertório exclusivo de nosso compositor vivo mais importante – e desconhecido ao grande público. Guinga permaneceu por muitos anos como uma face oculta da música brasileira, prestigiado na coxia, mas sempre longe … Continue lendo